A Região

Criado em 1971, o Parque Nacional da Peneda-Gerês (PNPG) é o primeiro e único desta natureza em Portugal. Com uma área aproximada de 70 000 hectares abrange as regiões do Minho e Trás os Montes, especificamente os concelhos de Terras de Bouro, Melgaço, Arcos de Valdevez, Ponte da Barca e Montalegre.

Mapa do PNPG @ICNF

O Parque Nacional da Peneda Gerês faz parte da Rede Nacional de Áreas Protegidas, gerida pelo Instituto da Conservação da Natureza e Florestas (ICNF) e forma com o Parque Natural espanhol da Baixa Limia-Serra do Xurés, o Parque Transfronteiriço Gerês-Xurés. Em Maio de 2009, o parque transfronteiriço foi declarado Reserva Mundial da Biosfera.

Beleza ímpar do Gerês

O Parque Nacional localiza-se numa região montanhosa acidentada, com cotas geralmente acima dos 700 m, tendo como ponto mais elevado o Pico da Nevosa com1545 m. Pela sua situação geográfica, sofre influência dos climas atlântico, mediterrâneo e continental.

Cascata do Arado

Dos habitats mais característicos destacam-se o carvalhal, os bosques ripícolas, as turfeiras e matos húmidos, e também os habitats seminaturais, como os pinhais de pinheiro-silvestre, os lameiros e os prados de montanha. Aqui a vegetação é também natural mas foi já transformada pelo Homem.

Castelo do Lindoso

Graças à diversidade de habitats naturais, existe no Parque uma grande variedade de espécies de grandes mamíferos como o lobo ibérico, o corço, a cabra montês e o garrano.