Visitar a aldeia de Pitões das Júnias – Montalegre

No espaço natural que divide os lameiros de regadio e os maciços rochosos da Serra do Gerês, situa-se a aldeia tradicional de Pitões das Júnias no concelho de Montalegre. Com pouco mais de uma centena de habitantes, Pitões das Júnias é uma povoação que vive sobretudo da agricultura e do pastoreio, como se pode comprovar pela existência de unidades pecuárias à volta do aglomerado.

Gado à entrada da aldeia

Apesar deste sinal de modernidade, Pitões ainda mantêm a sua traça original que se reflete pelo conjunto homogéneo de habitações erguidas pela pedra de cantaria, pelas calçadas, pelos fontanários e alminhas.

Aldeia de Pitões das Júnias
Aldeia de Pitões das Júnias

A visita a uma das aldeias mais altas de Portugal, a cerca de 1100 metros de altitude, não pode ser feita com pressas. Pitões merece pelo menos a estadia de um dia inteiro.

Aldeias Gerês Montalegre
Aldeia de Pitões das Júnias

Comece por explorar as ruelas apertadas a partir do Largo do Eiró até chegar à Corte do Boi onde está instalado o pólo de Ecomuseu de Barroso. Este espaço museológico retrata temas como o Parque Nacional da Peneda Gerês, a vezeira, a agricultura, a etnografia e as atividades comunitárias. Depois desça até à Igreja Matriz de São Rosendo, que se situa na Rua do Côto.

A próxima paragem encontra-se fora do aglomerado e pode ser visitada através do Trilho Interpretativo de Pitões das Júnias, ou, em alternativa, pode ir de carro (até ao parque de estacionamento). Falamos pois do ex-libris da região: o Mosteiro de Pitões das Junias. Este mosteiro da Ordem de Cister é composto pela igreja românica de uma nave e capela-mor, de estilo gótico. Ainda se conservam as ruínas das dependências conventuais e parte de arcada do claustro. Está classificado desde 1950 como Monumento Nacional.

Mosteiro de Pitões das Júnias
Mosteiro de Pitões das Júnias
Mosteiro de Pitões das Júnias
Mosteiro de Pitões das Júnias

Caminhando aproximadamente 500 metros para poente, encontramos outro parque de estacionamento que é o ponto de partida para visitar o Miradouro da Cascata de Pitões. O trilho está marcado e mais ou menos a meio o acesso deixa de ser em terra batida e passa para passadiços de madeira. É um circuito muito agradável que termina numa espécie de balão privilegiado para contemplar a cascata, uma verdadeira dádiva da natureza com 30 metros de altura que é alimentada pelo Ribeiro de Pitões.

Cascata de Pitões das Júnias
Miradouro da cascata de Pitões das Júnias

Olhando para os maciços do Gerês, observa-se, ao longe, um pequeno ponto branco no topo de um morro. Trata-se da Capela de São João da Fraga. Anualmente, no primeiro domingo após o dia de São João, os habitantes Pitões cumprem a tradição de subir à ermida em honra do santo que protege a aldeia.

Todo este percurso é muito interessante do ponto de vista geológico pois são visíveis as diferenças de relevo que estão relacionadas com características da estrutura, textura e a composição mineralógica das rochas. Nesta região existem três variedades de granitos: Granito do Gerês, Granito de Parada e o Granito nodular associado à área de Tourém.

Não termine a sua visita sem parar na Padaria Pitões. Neste estabelecimento é produzido o famoso Pão de Pitões, feito de centeio.

Mapa de Pitões das Júnias


Se estiver mais que um dia por esta aldeia ou na região envolvente, poderá explorar outros percursos de grande beleza natural e cultural:

  • PR2 Trilho do Ourigo
  • PR3 Trilho da Serra da Vila
  • PR4 Trilho do Rio
  • PR5 Trilho da Ponte de Misarela
  • PR6 Trilho de Tourém – Rota do Contrabando
  • PR7 Trilho de Vilar de Perdizes – Rota do Contrabando
  • PR8 Trilho de D. Nuno

Descubra mais sobre trilhos pedestres no site do município de Montalegre

Locais a visitar em Pitões e arredores

  • Ecomuseu Corte do Boi
  • Centro Interpretativo
  • Igreja Matriz de São Rosendo
  • Mosteiro de Pitões das Júnias
  • Miradouro da Cascata
  • Cascata
  • Parque de Merendas
  • Passadiços para a Cascata
  • Capela de S. João da Fraga
  • Trilho de Pitões das Júnias
  • Parque Nacional da Peneda Gerês

Alojamento no Gerês

Pesquise alguns espaços únicos para alugar no Gerês, desde bungalows, casas rurais, quintas, hoteis, e villas para desfrutar de uma estadia memorável no Parque Nacional Peneda Gerês.


Visitar o Vale da Teixeira – Gerês

Com uma extensão aproximada de 3 km, o Vale da Teixeira é, provavelmente, um dos locais de maior beleza no Parque Nacional da Peneda Gerês. O vale acompanha o curso do rio Arado, a linha de água que ostenta, umas centenas de metros mais a jusante, a famosa Cascata do Arado, queda de água que atrai milhares de turistas a este local, não muito longe da povoação da Ermida, Terras de Bouro.

Rio Arado Gerês
Rio Arado, junto à ponte

Para visitar o Vale da Teixeira terá que se deslocar à Ponte do Arado, a mesma que dá acesso à cascata que falamos no paragrafo anterior. Aqui a paisagem é caracterizada por povoamentos florestais nas zonas mais baixas e pelo granito reluzente nos cumes elevados, mas não só…a morfologia do terreno é bastante acidentada, com grandes desníveis e alguns precipícios.

Vale da Teixeira
Zona de subida em direção ao Vale da Teixeira

De forma a chegar ao vale terá que vencer uma subida acentuada, aproximadamente 1,5 km, por isso é importante que esteja em boa forma física. Mas vá sem pressas, desfrute do cenário, é simplesmente arrebatador…

Mariola Gerês Vale da Teixeira
Mariola a indicar o inicio do Vale da Teixeira

Pelo caminho, verá algumas estruturas curiosas. O que no início parece apenas um amontoado de pedras, vai perceber que afinal, é arte. O seu nome é mariola, e serve para marcar os trilhos dos pastores para estes não se perderem, sobretudo em dias de nevoeiro, que no Gerês costuma ser muito cerrado e perigoso.

Curral do Camalhão Vale da Teixeira
Cabana de Pastor Prado do Camalhão
Prado no Gerês
Gado a pastar no prado
Prado no Gerês
Prado no Gerês e mariola

Chegado à vasta planície, não se admire se encontrar algum gado a pastar nos prados. O primeiro, mais a sul, chama-se Prado da Teixeira e o segundo, a norte, Prado do Camalhão. Em ambos os prados existe uma cabana, destinada ao pastor para pernoitar aquando da vezeira do gado.

Se a caminhada for ocorrer no Verão ou final da Primavera, poderá ir a banhos numa das muitas lagoas que por aqui se encontram. Dado que esta zona é bastante exposta ao calor, por falta de sombras, é uma boa forma para se refrescar.

Lagoa Gerês Vale da Teixeira
Lagoa no rio Arado onde poderá ir a banhos

Locais a visitar nas redondezas

  • Vale da Teixeira
  • Rio Arado
  • Cabana do Camalhão
  • Cabana da Teixeira
  • Cascata da Rajada
  • Aldeia de Ermida
  • Miradouro das Rocas
  • Cascata do Arado

O que Fazer?

  • Trekking
  • Caminhada
  • Canyoning

Alojamento no Gerês

Pesquise alguns espaços únicos para alugar no Gerês, desde bungalows, casas rurais, quintas, hoteis, e villas para desfrutar de uma estadia memorável no Parque Nacional Peneda Gerês.

Mapa do Vale da Teixeira


Visitar a Cascata do Arado – Gerês

Uma das quedas de águas mais fotogénicas do Parque Nacional da Peneda Gerês é a Cascata do Arado. A cascata está inserida no Rio Arado, a cerca de 3 km da aldeia de Ermida, freguesia de Vilar da Veiga, Terras de Bouro.

Cascata do Arado Gerês
Cascata com um grande volume de água

O acesso à cascata pode ser feito de carro em caminho de terra batida e pode estacionar ou junto da berma ou no parque de estacionamento improvisado a cerca de 300 metros de distância.

Evite visitar a cascata durante o verão, pois o calor e a ausência de chuva diminui em muito o volume da queda de água. Para além disso, esta época é muito atractiva para os turistas que fazem filas enormes para visitar este local.

Cascata do Arado Foto
Cascata do Arado

Para os amantes de percursos pedestres, pode visitar este ponto através do Trilho do Vale da Teixeira. Não muito longe pode subir ao Miradouro das Rocas que lhe oferece uma vista privilegiada sobre o Rio Arado. Esta linha de água produz várias cascatas ao longo do seu percurso incluindo as famosas Cascatas de Fecha de Barjas, mais conhecidas por Cascatas do Taiti.

Cascata do Arado
Um dos locais mágicos a visitar no Parque Nacional

O Parque Nacional da Peneda Gerês é o destino de eleição para as actividades radicais de natureza. Não se admire se encontrar nesta zona, grupos de aventureiros na prática de canyoning.

Cascata do Arado
Rio Arado a jusante da cascata

Locais a visitar nos arredores

O que Fazer

  • Percurso Pedestre do Vale da Teixeira
  • Canyoning

Alojamento no Gerês

Pesquise alguns espaços únicos para alugar no Gerês, desde bungalows, casas rurais, quintas, hoteis, e villas para desfrutar de uma estadia memorável no Parque Nacional Peneda Gerês.

Mapa da Cascata do Arado